Engenheiro Mecânico

Por Paula Perin dos Santos

Fonte: http://www.infoescola.com/profissoes/engenheiro-mecanico/

Os benefícios criados para facilitar nossa vida diária nem nos causa estranheza de tão comuns: geladeiras, micro-ondas, ventiladores, escadas rolantes, condicionadores de ar, aviões, máquinas de lavar roupa, batedeiras, motores em geral… É impossível numerá-los. Se pararmos para perguntar: “Quem fez isto? E aquilo?” Poucos saberão que a resposta é: “foi um engenheiro mecânico. Este profissional sabe como ninguém lidar com as máquinas. Ele é o responsável por conceber, projetar, fabricar, operar e manter o funcionamento de “máquinas, equipamentos e sistemas mecânicos destinados aos processos industriais, aos meios de transporte, ao controle ambiental e à geração de energia”. (Daher, 2007:58)

Esta profissão é ideal a quem é criativo, tem iniciativa, facilidade de trabalhar em equipe, sabe tomar decisões e considera-se capaz de encontrar soluções práticas e econômicas para problemas de matemática e física, e domina bem o campo da tecnologia.

O curso dura, em média, cinco anos e envolve as disciplinas básicas da engenharia (matemática e física). No ciclo profissional, destacam-se disciplinas como máquinas térmicas e materiais de engenharia. Alguns cursos ofertam, além da grade obrigatória, várias disciplinas em que o aluno pode se especializar, como “aeronáutica, automobilística, energia e meio ambiente, materiais e processos, manufatura, mecânica computacional e petróleo”.

Como o engenheiro mecânico possui uma formação abrangente, ele pode atuar em campos bem variados. Dentre eles, Daher destaca “as empresas do setor siderúrgico, metalúrgico, aeronáutico e aeroespacial, petroquímico, alimentício, de papel e celulose, nuclear, de máquinas e equipamentos, de entretenimento, de energia (geração e transmissão), de transporte”, dentre tantos outros.

Daher destaca algumas atribuições inerentes a este profissional. São elas “projeto, coordenação e supervisão de montagem, estudo de viabilidade técnica, consultoria, pesquisa e controle de qualidade”.

MERCADO DE TRABALHO

Encontra-se estável e com uma oferta maior no ramo petrolífero e de gás. “As indústrias automobilísticas e autopeças, siderúrgica e aeronáutica também apresentam boas oportunidades”, salienta Daher. Com especialização em energia e meio ambiente, aumentam as possibilidades de o engenheiro mecânico atuar na área de biocombustíveis.

O profissional precisa ter o domínio da língua inglesa, tanto quem já trabalha na área como os estudantes. Isso porque existem universidades no exterior que oferecem oportunidades de intercâmbio para alunos brasileiros e também porque importantes materiais de estudo ainda encontram-se escritos em língua inglesa.

Além disso, o engenheiro mecânico precisa estar sempre atualizado sobre as novidades tecnológicas do mercado, principalmente no campo das ciências materiais e da informática. Quem sabe associar esses conhecimentos à sua prática é mais visado no mercado de trabalho.

Fontes
DAHER, Valquíria. Guia Megazine de Profissões. Rio de Janeiro, Ediouro, O Globo, 2007, p. 58-9.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: